segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

[COTIDIANO] Sitting, Waiting, Wishing ...

Pois é .... agoianando os refrões de Jack Johnson, cá estamos nós esperando sentados com ozóio nos ovos de ouro da galinha. Em 2 semanas completamos 7 meses de uma espera silenciosa e aparentemente interminável por parte do consulado. Em algumas vezes, a luz no fim do tunel ainda parece uma lamparina acesa com gasolina batizada de tão devagar que as coisas tem andado por aquelas bandas.



Como muitos sabem, o começo do mês de dezembro foi marcado com algumas mudanças significativas que deixaram até o Kojac de cabelos em pé. Num resumão destas mudanças, o que posso dizer é que:

Etapa Provincial: vai demorar mais, vai sair um pouco mais cara (devido as provas de idioma oficial), mas também deve diminuir muito o número das entrevistas.

Etapa Federal: a médio-longo prazo deverá começar a demorar menos e deverá vai sair bem mais cara, já que passa a exigir tradução juramentada dos seus documentos.

De um modo geral: acredito que essas novas regras farão com que muitos kamikazes pensem bem antes de aplicar para o processo e que o número de pedidos possa reduzir ao longo do tempo. Por outro lado, os novos imigrantes deverão ser pessoas um pouco mais bem preparadas e com um perfil mais adaptável ao novo país, principalmente no que tange o aspecto de idiomas.

"tange" ....rensga, falei bunito hehehehe
=P

Anyway, para o grupo que já está na fila do SUS antes destas mudanças, as coisas parecem não ter mudado muito. Todos acessam diariamente os blogs e fóruns em busca de alguma novidade sobre novas enxurradas de pedidos de exames, mas até agora o que parece é que as coisas estão andando à conta-gotas. Menos de 5 casos de processos não prioritários de nov/2010 foram relatados informando o recebimento do tão sonhado combo (pedido de exames médicos + passaporte + batatas-fritas e refri grande). 

Avaliando pela ótica de que sempre nas datas próximas às entrevistas o número de pedidos de visto ao CIC aumenta exponencialmente, tudo leva a crer que no período de nov, dez (2010) e jan (2011) houve um grande volume de pedidos entregues àquele escritório e, portanto, haveria muito trabalho a ser feito para finalizar esse catatau de processos que deve estar acumulado por lá (já que em 2010 tivemos entrevistas até início do mês de dezembro no BIQ).

Por outro lado, houve um grande hiato entre as entrevistas finalizadas em 2010 e a 1a temporada de entrevistas de 2011 (que começaram pra valer apenas no final de maio/2011 - grupo do qual eu faço parte .. hehehehehe). Então, se considerarmos que nestes intervalos entre-entrevistas (não, não estou gago .. leia de novo)  o volume de pedidos ao CIC também diminui, então haveriam menos processos a serem analisados após finalizarem essa pilha de nov, dez (2010) e jan (2011).

Em meio a esse turbilhão de coisas e emoções <galvão>haaaaaaja coração!!!</galvão>, ainda existe o fator do estagiário brincalhão. Heim????? Explico: essa página que apresenta o tempo médio de espera no processamento dos processos (processamento dos processos??? huuuummm .... ) foi editada no último mês alterando a informação dos famigerados 13 para 6 meses. Isso tem causado um furor entre a galera que está na fase inicial do processo que estão entendendo que a partir de agora, o consulado vai demorar só 6 meses (+ou-) pra finalizar os processos da etapa federal. Humpf ..... que sonho. Infelizmente o dado apresentado ali é uma informação estatística (vide o primeiro parágrafo da página). E, de acordo com o que aconteceu neste último ano, NENHUM processo não prioritário foi finalizado em menos de 10 meses, o que demonstra que essa informação está ÊÊÊÊÊÊÊ-rrada, ôôeeeee!!! Além disso, se pesquisarem bem nos fóruns e blogs, vcs verão que o próprio pessoal do consulado reconhece que houve um erro de publicação da página ....... mas, devido às enchentes ocorridas no alto mar do oceano pacífico, eles estão tendo dificuldades para corrigir esta página.
¬¬

Enfim ... não é meu intuito desanimar ninguém que insiste em querer acreditar nisso .... estou tentando apenas passar uma visão realista sobre os prazos de espera da etapa federal que, infelizmente, ainda estão bem aquém destes 6 meses.

Bem, é isso .... e seguimos aqui na fila do SUS!!!!
#

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

[DICAS] Mudança de regras

Olá pessoal ... quantos de vocês aqui lembram o que acontecia quando apertávamos a tecla F FWD naquele toca fita roadstar que tocava só sucesso na Belina do seu pai, heim??? 

Então ... se vocês se lembram bem, essa tecla dava uma acelerada no som da música fazendo que até o Pavarotti cantasse fino e desafinado que nem o Tico e o Teco discutindo.

Apesar de ser uma lembrança divertida, infelizmente não abri esse tópico hoje pra contar minhas peripécias no chiqueirinho da Belina de papai. 

Já há algumas semanas / meses estamos ouvindo falar sobre as mudanças que irão ocorrer nas regras do processo de imigração para o Québec. A grande questão é que essas mudanças (em tese) ocorreriam a partir de 2012. Mas, para o susto e tristeza de alguns que ainda estavam levando seu processo com um pouco mais de calma, alguém que manda mais que eu e você junto resolveu apertar essa tecla para implantação das novas regras já a partir de dezembro.

Muitos que haviam enviado o processo via correio no início da semana ou até mesmo planejavam dar entrada no federal 30min após ter recebido seu CSQ na entrevista foram pegos de surpresa com mudanças que já entraram em vigor desde o dia 01/12/2011.

Assim, não sou tomada mas vou tentar dar uma luz com as mudanças mais significativas que pudemos perceber até o momento:

Etapa provincial
  • passará a ser exigido um teste oficial de proficiência linguística de francês reconhecido pelo governo do Quebec para que o candidato obtenha algum ponto neste critério. Segundo esse artigo publicado hoje no site de imigração do Quebec, você pode até não apresentar o resultado do teste se quiser ... mas aí é bom o cabra ter um perfil mais fodástico que o Einstein usando NZT-48 (se não entendeu, leia aqui!). Caso contrário, vai ficar muito difícil do boneco atingir os pontos necessários para conseguir o CSQ;
  • os BIQs em todo o mundo serão fechados, sobrando apenas 3 unidades em Montreal, México e HongKong. Dessa forma, os dossiês para brasileiros que queiram aplicar para o processo de imigração deverão a ser enviados ao México e não mais à SP como acontecia até hoje. Este escritório centralizador é quem fará a triagem e análise inicial do processo e, se necessário, encaminharão o candidato para a unidade de SP para entrevistas, se considerarem necessário;
  • o tempo estimado da etapa provincial poderá subir para a casa dos 8 meses;
  • estas regras <editado> deverão entrar em vigor já no início de janeiro/2012 entraram em vigor a partir do dia 07 dez 2011. Então, se você cumpre todos os requisitos da regra atual e está pronto para dar a entrada, pare de ler esse post agora e corra para os correios </editado>;
Etapa federal
  • a partir do dia 01/dez/2011 o consulado brasileiro em SP deixa de receber os pedidos dos candidatos portadores do CSQ. Para tal, o candidato deverá encaminhar sua documentação para o escritório de imigração em Sydney (Nova Scotia) no Canadá;
  • <editado>ainda não está claro se com essa mudança, os documentos enviados pelos candidatos deverão ou não ser traduzidos</editado>
Ainda não sabemos o que ocorrerá com os candidatos que já haviam mandado e que não haviam tomado conhecimento desta última mudança. Assim que eu tiver alguma novidade a respeito, atualizarei este tópico.

Quanto aos prazos da etapa federal, creio que estes não sofrerão mudanças tão logo a curto prazo já que ainda existe um grande passivo a ser processado antes de chegarem na pilha de processos que se enquadrarão nestas novas regras. Mas é bem provável que após uma fase de adaptação, os processos sejam concluídos um pouco mais rápido, mesmo considerando que a etapa provincial poderá ser um pouco mais lenta.

Bem, para alguns estas podem não ter sido notícias muito boas .... mas a verdade é que o boato dessas mudanças vem rodeando as listas já há um bom tempo. Aos que ainda não deram entrada, corram que a torneira está fechando.

Mais detalhes sobre estas mudanças, sugiro fortemente ler esse tópico da CBQ.

abraços,
#

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

[DICAS] Já somos mais internacionais que ontem ...

Olá pessoal, hoje depois de uma novela interminável do HSBC, finalmente recebi as informações de abertura de nossa conta canadense (Enfinnous achèterons quelque dollars!!
\o/

Já falei em outros posts sobre a abertura dessa conta. Mas após passar por essa etapa, acho que vale a pena relembrar e acrescentar algumas informações importantes sobre isso.


Muito se fala sobre a importância do histórico de crédito no Canadá e a dificuldade que muitos imigrantes enfrentam ao chegar lá portando apenas aquele cartão cor de cocô marrom do banco do Brasil que seu gerente Nicanor havia dito que seria tudo que vc precisaria em qquer lugar da face da terra (e em alguns casos, até da Lua).

Se o seu gerente de camisa social de mangas curtas e gravata falou isso, ele proferiu uma meia inverdade. Mas não fique muito puto com ele .. o que ele disse não é uma mentira, mas também não é uma verdade. Seu cartão brasileiro internacional realmente vai ser útil pra vc fazer suas comprinhas, alugar carro, etc ... Mas para algumas contratações indispensáveis na sua chegada (por exemplo, comprar seu 1o telefone celular de conta), ter um cartão canadense fará MUITA diferença (pelo menos é o que dizem os especialistas de landing .. hehehehe).

Pensando nisso e também na eventual necessidade de transferir $$ entre Brasil e Canadá (mesmo após nossa mudança), pesquisamos muito e chegamos a conclusão que, no nosso caso, o HSBC seria a melhor opção custo x benefício. É importante destacar que existem outras opções muito comentadas pela galera dos fóruns, como por exemplo o banco Desjardins. Não sei de todos os detalhes sobre essa opção, mas segue aqui! e aqui! os links com informações para quem quer abrir a conta e o formulário para preenchimento hôm-láini pra quem tiver interesse.

Sobre a abertura dessa conta no HSBC, o procedimento é relativamente simples. Você deve entrar em contato com seu gerente de conta que fará sua indicação para o departamento responsável por esse tipo de operação (o IBC). Eles entrarão em contato com você e encaminharão por e-mail um pacote de documentos para você ler e preencher (não se preocupe, é possível vc simplesmente clicar na opção "Sim, concordo!" sem ler nada. ... hehehehe). Feito isso, você deverá preencher todas as trocentas páginas com suas informações (e do seu cônjuge se for o caso), anexar cópias do seu passaporte, rg ou cnh e em seguida entregar para seu gerente numa agência mais próxima de você. Essa documentação é enviada para a central deles em SP que fazem a análise de sua documentação em até dois dias. Em seguida eles solicitam a abertura de sua conta para o escritório do Canadá, o que deverá ocorrer mais ou menos em até três dias. Ou seja, em teoria, sua abertura de conta não deverá levar mais que 5 ou 6 dias.

Mas ô #, causdiquê vossa mercê disse ali "em teoria", heim???


Arrespondjo já já: bem, se vc não foi sorteado pra ter o mesmo gerente que eu, esse é o trâmite padrão para a abertura. No nosso caso, a abertura da conta demorou mais de 1 mês ... quer dizer, até onde eu sei a conta já está aberta há um tempão ... mas o Sr. Incompetência Sr.GerenteDaMinhaConta só conseguiu mandar o e-mail com os dados da conta hoje.


Ah ... uma informação importante: você deverá fornecer um endereço no Canadá para onde será encaminhado seu Wellcome kit (que inclui seus cartões, talões de cheque, orientações, senhas e se brincar até uma pedra de rapadura ... hehehehe). Nós utilizamos o endereço de um casal de amigos que já está lá.

Quanto ao banco, infelizmente não tenho muito o que dizer nesse momento. A instituição parece ser muito boa e consolidada. Já o atendimento de nosso gerente e agência está deixando muuiiiitooooo a desejar.
=(

PS: semana que vem completamos 6 meses de processo ... eita nóissss!!!!

#

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

[COTIDIANO] Um pouco sobre nada ...

Então pessoal ... 5 meses já se foram e já começamos a caminhar destino aos 6 meses (haja sola de sapato).

As pessoas que sabem de nosso processo sempre nos perguntam sobre  nossa mudança .. esse talvez seja um dos motivos que não queríamos divulgar tanto os nossos planos. Depois de tanto tempo parece que fica mais difícil explicar que continuamos esperando o consulado (odeio fila de espera .. hehehehe). É froidis, mas nem rodando a manivela mais forte a engrenagem do consulado parece acelerar.

Ao mesmo tempo quando olhamos pra frente torcendopracaralho chutando que nosso processo será concluído maizomenos em maio, parece que nos resta pouco tempo pra acertar tudo que está pendente e nos preparar melhor para nosso novo futuro. Nessa lista ainda faltam coisas simples pra fazer, tais como:
  • ir caminhando até Belém com uma tartaruga de 3 pernas (essa vai ser rápida);
  • decorar a constituição de 88 e elaborar uma resenha comparativa da versão atual com aquela escrita a mão no tempo do império;
  • fazer uns cursos técnicos de atualização e/ou tirar certificações;
  • melhorar o francês e desenferrujar o inglês; e
  • ah, falta também avisar pra família que estamos nos espirulitando daqui em breve!! (ih, fudeu!!)

Mas o que complica mesmo é o dia-a-dia ... já fiz 3 cursos online para aprender a fazer bonecos de neve, mas infelizmente não podemos afirmar com 100% de certeza SE e QUANDO poderemos colocar isso em prática. É claro que na situação atual, a probabilidade de alguma mudança de planos é mínima, mas não podemos deixar de pensar que, se algo der errado, precisamos de um plano B por aqui. Ao mesmo tempo, temos que nos preparar da melhor maneira possível pra ir embora e abandonar qualquer plano de médio-longo prazo em terras tupiniquins (tchau Brasil-sil-sil). Tá mais fácil dividir um átomo com uma faca cega do que nos equilibrar nessa balança do vai-não-vai .. hehehehehe.

Lu continua firme e forte no MBA e deverá concluir suas aulas em dezembro. Eu estou na luta pra começar um curso técnico em breve, mas ainda falta fechar quórum pra turma. Em dezembro também deveremos voltar às aulas de francês (estou fazendo só francisação no momento) e em janeiro voltamos também com as aulas de inglês pra tirar o pó da goela.

Nessa correria de incertezas, o único que parece não estar se estressando é o Zé. Quero só ver se ele vai ser macho de sair correndo na neve como ele faz no corredor lá de casa ... hehehehe

Bem ...infelizmente esse é/foi um post sobre nada. Após a última enxurrada de pedidos, não conseguimos ainda ter certeza se o consulado irá ou não concluir todos os processos de 2010 esse ano. De novidades sabemos apenas de pouquíssimos casos de pessoas de jan/2011 que já receberam o famoso e-mail padrão que é gerado quando o consulado cadastra seu processo no novo sistema. Essa semana também tivemos o episódio do estagiário brincalhão que publicou aqui! que o tempo médio de processamento havia caído de 13 para 6 meses. Infelizmente o chefe do consulado não gostou do otimismo dele e hoje o prazo já voltou pros malditos famigerados 13 meses. hehehehe

Bem, é isso ... a seguir, cenas do próximo capítulo!!
#


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

[COTIDIANO] Presente de aniversário


Olá pessoal,


Lá se vão 5 meses de espera no processo federal ... coincidentemente hoje também é aniversário de namoro entre eu e minha amada baixinha. Não só por estes já serem motivos de sobra para ficarmos felizes, hoje também ganhamos um baita presente de um dos fóruns que participamos.

O presente que recebemos hoje foram estas novidades muito animadoras quanto ao andamento dos processos da etapa federal junto ao consulado. Ocorreu ontem em Curitiba uma palestra para os futuros imigrantes e um dos tópicos mais importantes dela foi relacionada às providências que estão sendo tomadas pelo governo canadense em relação ao tempo de análise de nossos processos. Segundo o palestrante, estão sendo organizados mutirões para agilizar o tempo de processamento e reduzir essa espera hoje estimada em 14 e 16 meses, para algo entre 12 e 13 meses (se Deus quiser até menos). Ele ainda afirmou que esse mardito tempo de espera foi um caso atípico ocorrido esse ano e que deverá ser sanado muito em breve (ôba!!).

Bem ... isso começa a formar na ponta do nosso fucinho um lampejo de luz sobre quando poderemos começar a pensar efetivamente na mudança, avisar a família, fazer nosso garage sale, etc.... só de pensar dá um friozinho na barriga ... essa data muito provavelmente será um dos momentos mais difíceis da nossa mudança ... praticar o desapego emocional e material num é algo que estamos tão acostumados a fazer, né???



Ah ... em comemoração a esse aniversário, resolvi colocar essas fotinhas do primo albino do Zé que mora lá na Tanzânia Média da Sibéria do Norte e que adora fazer cara de feliz nas festinhas de aniversário dele ... hehehehehe.




Bem, é isso .. agora se vcs me dão licença vou ali curtir nosso aniversário com minha pequena!!
=)

#


quinta-feira, 13 de outubro de 2011

[COTIDIANO] Enxurrada 2011 / 02

Opa ... mal voltou a chover em Brasília e já ouço falar de enxurradas (êba!!!)

Pra quem não sabe, Brasília é uma das sérias cidades candidatas à suplente do deserto do Saara .. mas assim como os políticos que aqui frequentam trabalham, felizmente ela substituiria o Saara por apenas uns 4 meses do ano.

Além de lavar essa secura dozinférno, as chuvas trouxeram também uma enxurrada ... e pra felicidade de muitos foi uma enxurrada de pedidos de exames e passaportes pra muitos que já estavam na fila de espera há mais de 1 ano (não, não é a fila do SUS! Eu JURO!).

Com essa nova leva, os processos remanescentes do 1o semestre/2010 devem ser finalmente concluídos (gizuis amado, eu nem sabia que ainda tinha gente de tão longe) .. além destes, TODOS os processos de julho / agosto / setembro e outubro de 2010 segundo relatos de uma pá de pessoas que dizem ter colhido essa informação quentinha no pé da bica no consulado. Bem, acabei de fazer a matemática disso aí no meu relógio calculadora e assim temos processos que esperaram +16 meses e, inclusive, alguns que podem ser concluídos em menos de 12 meses .... ou seja, taí de novo nossa média de 14 meses!
=)

Vale lembrar também que há algumas semanas / meses eu postei aqui! uma teoria maluca do dia quanto ao tempo de análise dos processos na etapa federal. Nessa teoria, eu profetizava tão eficientemente quanto a mãe Dinah meteorologista, que possivelmente em outubro / novembro de 2011 seria finalizado o lote do 2o semestre/2010. Bem, isso não aconteceu mas ainda não sei se fico triste ou feliz com essa margem de erro do IBOPE. 

Então, Arnaldo .. pode isso??
Bem amigos da rede Globo ... explicar-lhes-ei (dá-lhe mesóclise!!) o motivo dessa dúvida humoral:
  • se considerarmos que o novo "lote" de processamento ocorreu num intervalo de 4 meses, isso PODE representar que o consulado passará a dar maior celeridade nas análises de processos (êba!);
  • mas se isso for uma verdade, talvez nem todos os processos do 2o semestre/2010 serão finalizados ainda nesse ano o que aumentaria o volume (ou será que manteria um volume grande??) de processos para serem processados no 1o semestre do ano que vem (buááá!);
  • OU TAMBÉM pode representar que eu posso tirar meu pônei maldito cavalinho da chuva que jamé será possível elaborar um padrão estatístico fidedigno de tempo de análise de processos (humpf, seu istrupício!);

De qualquer forma, uma informação não oficial coletada aqui! nessa comunidade do Orkut diz que os processos de nov/dez/2010 somente serão finalizados dentro de 2 ou 3 meses (buááá de novo!)

Enfim ... brincadeiras a parte, muitos já devem estar comemorando essas novidades (que é claro são boas pra todos nós que já estamos na fila). Mas infelizmente eu ainda terei que esperar mais um pouquinho ... tomara que não muito!!
;-)

#

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

[DICAS] Bolsão de Links

Olá pessoal,

Como muitos sabem, as infinitas pesquisas na intêrnê são peças chave para o andamento de um processo sem surpresas, tranquilo e de sucesso. Na nossa caminhada, já visitamos vários sites interessantes mas, graças ao meu fantástico instinto desorganizacional, perdi referências importantíssimas para o processo (ai que burro, dá zero pra mim!)
=\

Assim, decidi criar essa sessão no blog para consolidar uma pá (e uma enxada) dos links mais importantes que já visitei. Dessa forma, mantenho meu "favoritos" atualizado e centralizo informações que serão muito úteis pra todos. Como diria Goulart de Andrade: "Vem comigo!!!"

Informações e dicas sobre o processo:
  • Passo-a-passo de preparação do processo (Provincial e Federal): aqui!
  • Critérios de elegibilidade (planilha): aqui!
  • Avaliação en ligne (ôm láine): aqui!
  • Tempo médio de processamento dos pedidos (federal): aqui!
  • Consulta status de seu processo (e-cas): aqui!
  • Lista de documentos a serem preenchidos (etapa provincial): aqui!
  • Lista de documentos a serem preenchidos (etapa federal): aqui!
Francês e francisação/francização (sei lá como se escreve isso):
  • Site da Francisation En Ligne (gratuito e só para quem já tem o CSQ): aqui!
  • Curso em tempo parcial (do governo, gratuito - êba): aqui!
  • Curso em comissão escolar (marromeno uns CA$50 por semestre): aqui!
Informações do governo sobre as profissões:
  • Consulta federal sobre as profissões: aqui! (en) ou aqui! (fr)
  • EmploiQuebec: aqui!
  • Consulta provincial sobre as profissões (IMT): aqui!
  • Placement En Ligne International (para quem já tem o CSQ): aqui!
Mercado de Trabalho de TI e outras profissões:
A profissão de psicóloga:
  • Ordem de Psicólogos (La Ordre des Psychologues du Québec): aqui!
  • Exigências para validação do diploma: aqui!, aqui! e aqui!
  • Exigências do idioma francês (para validação do diploma): aqui!
  • Formulário de solicitação de equivalência: aqui!
  • Curso de formação complementar: aqui!
  • Associação profissional e sindicato (especialista em RH): aqui!
Garderies:
  • Informações sobre Garderies - site do governo: aqui!
  • Lista de Garderies em Québec por nome de cidade: aqui!
  • Associação das garderies Privadas de Québec: aqui!
  • Centro da Infância e Serviços de Guarda: aqui!
  • Ministério da Mulher, Família e Idosos: aqui!
  • Vagas em garderies (creches): aqui!
  • Inscrições para as CPEs (Centres da la Petite Enfance): aqui!
Aluguel de imóveis:
  • DuProprio: aqui!
  • Kijiji – petite annonces: aqui!
  • LogisQuebec: aqui!
  • RemaxQuebec: aqui!
  • Logisbourg: aqui!
  • Laberge: aqui!
  • Les Angéliques: aqui!
  • LesPAC: aqui!
  • Pavillon Montcalm: aqui!
  • Vitevitevite.ca: aqui!
  • Airbnb: aqui!
Outras informações importantes:
  • Profissões em demanda e cursos CÉGEP: aqui
  • Estatísticas sobre o custo de vida no Canadá: aqui!
  • Calculadora de salários: aqui!
  • Calculadora de impostos: aqui!
  • Guia linguístico (preparação de curriculum, carta de apresentação, correspondências em francês, etc.): aqui!
  • Montar sua carta de apresentação e equivalência de termos (português - francês): aqui!
  • Brasil e Canadá assinam termo de ajuste ao acordo previdenciário: aqui!
  • Montar seu histórico de crédito no Canadá: aqui!, aqui! e aqui!
  • Sistema de time-lines (a famosa fila de espera): aqui!
Bem ... por enquanto é só .... se tiverem outras dicas de links importantes, favor me avisar que eu acrescento aqui. E, é claro, à medida que eu identificar novos links eu adiciono aqui tb.

abraços,
#

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

[DICAS] Relatos e entrevistas do 2o semestre de 2011

Pessoal,

Hoje pela manhã vi na CBQ o relato de um casal que passou pela entrevista na semana passada (14/09) em SP. A entrevistadora desse caso específico foi a Mme Malika Dehraoui - não sei se será ela a responsável por todas as entrevistas desta etapa. Pelo relato, senti que ela é uma pessoa séria e talvez um pouco mais fria que o Mr. Daniel Leblanc (que foi quem nos entrevistou). 

Nesse post publiquei algumas dicas sobre a entrevista e falei um pouco sobre as diversas situações que vivi e que coletei nos fóruns e blogs para me preparar para a entrevista. No caso do relato que li hoje, o <lula> companheiro </lula> imigrante exagerou nas intervenções nas respostas da esposa e quase tomou um round-house-kick pra fora da sala (cruz-credo!!). Imagino o quanto ele deve ter ficado tenso na hora ... se fosse eu, teria me borrado na hora ficado muito triste. Felizmente pra eles, tudo deu certo no final.

Outro aspecto interessante que observei é quando ele disse que preparou um dossiê de mais de 200 páginas e ela apenas "passou o olho". De novo eu digo, não acho que seja desnecessário fazer o dossiê ... fazê-lo é uma excelente forma de estudar e se preparar para as tradicionais perguntas direcionadas à sua capacidade de adaptação ao novo país/cidade. Mas preocupe-se sempre mais com sua capacidade de se comunicar, informações sobre mercado de trabalho e planejamento para o que fazer e quanto irá custar sua nova vida. Ah ... e, é claro, deixe sua esposa falar p*rr@!!! hehehehehehe

Por fim, plagiando um post do colega Mung Daal, seguem uma informação très intéressant sobre o calendário de entrevistas deste 2o semestre:
São Paulo: 07/11 - 18/11;
Salvador: 21/11 - 02/12;
São Paulo: 05/12 - 16/12;

Bien ... c'est ça!!

#

[COTIDIANO] Quase 4 meses ... e contando ...

Olá pessoal .... quanto tempo, não??

Pois então ... andei meio sumido porque as coisas por aqui andaram ficando mais feias do que bater na mãe na fila da hóstia em domingo de páscoa. Saravá, meu rei!!!! Oxalá ziriguidum do avesso!!!

Semana que vem completamos 4 meses de processo e de espera angustiante (espero que meu plano de saúde cubra tratamento para desenvolvimento de úlcera por auto-fagia estomacal .. #dálhemaracujina). Nos blogs e fóruns, a espera também continua dolorida. Enquanto alguns da turma do 1o semestre de 2010 já estão começando a se refrescar com o início do inverno lá pertinho da casa do Papai Noel, aqui na sala da injustiça a galera que deu entrada em julho/2010 já vai completar 15 meses de espera - nem o seu Madruga ficou inadimplente tanto tempo assim.
=\

Por outro lado, quando penso no volume de coisas que temos pra fazer vejo que conseguirei ter "assunto" pra me distrair por pelo menos uns 3 dias (ufa!) 
¬¬

Brincadeiras a parte, realmente ainda temos muito o que fazer e planejar. Visitas aos familiares, consultas ao proctologista (credo) médicas, abertura de conta canadense, planejamento do garage sale e desocupação do apê, preparativos pra viagem do Zé e, é claro, aperfeiçoamento do francês e (no meu caso) principalmente do inglês - rock'n roll, mon amour!!!

Os encontros da turma de Brasília que vão pra Gatineau tem acontecido numa frequência secular, mas que quando acontece, ajuda muito a revigorar e controlar a ansiedade.



Lembrete da semana: comprar um bolo e 4 velinhas na padaria do seu Joaquim!

#

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

[TEORIA] Tempo de processamento (etapa federal)

Olá pessoal,

Estava acompanhando essa discussão na CBQ e resolvi compartilhar aqui uma TEORIA (ênfase nesse teoria aí, minha gente) sobre as estimativas que nos são passadas sobre o tempo de processamento e emissão do visto na etapa federal.


Todos que estão nessa fase sabem como muitas vezes temos a impressão que ficamos parados no tempo esperando algo acontecer. Alguns apenas entram num estado de autofagia do próprio estômago de ansiedade, outros continuam ferrenhamente seus estudos nos idiomas (mais recomendável até que comer quando se está com fome) e outros se desligam do processo e recebem as notícias de andamento dele como alguém que acabou de achar uma nota de R$2,00 na carteira - num é um dinheirão, mas dá uma certa felicidade de pobre quando isso acontece ... hehehehehehehe

Enfim, depois de rabiscar inúmeros sacos de pão com cálculos matemáticos de estatísticas, arranjo, combinação e até mesmo calcular a integral da anã branca de espiral com raio negativo, cheguei à conclusão que: se existe alguma regra pra entender o tempo de processamento do consulado, definitivamente eu não sei qual é
=P

<Kiko>Ai cale-se, cale-se, cale-se, você me deixa looooucoooooo!!</Kiko> Ok, ok ... vou deixar de ser engraçadinho e desembuchar logo a minha visão atual sobre os tempos de espera: bem, a primeira impressão que se tem, é que estes processos são analisados em lotes aparentemente semestrais. Através de sistemas de timelines como este e de relatos em fóruns, blogs, orkut, etc.. podemos observar que, nesse momento (02/09/2011 às 09:50h da manhã), todos ou praticamente todos os processos que se iniciaram no 1o semestre de 2010 estão concluídos. 

Lembro que quando enviei meu processo no início desse ano, várias e várias pessoas estavam angustiadas pela falta de notícias quanto aos seus processos que já se completavam 12 meses ou mais. Entre abril e maio desse ano, ocorreu uma enxurrada de pedidos de exames pra essa turma do 1o Semestre/2010. Nessa conta, quem havia dado entrada no processo em janeiro/2010 (por exemplo), teve a conclusão do seu processo somente em maio/junho desse ano - ou seja, maizomenos 16/17 meses de processamento. No entanto, vi casos de pessoas que deram entrada em junho/2010 e em maio desse ano já estava com o visto em mãos - ou seja, 11 meses. Se olharmos por essa ótica, fica fácil de entender os famosos 14 meses estimados pelo consulado.

Posso estar até viajando na maonézia, mas talvez seja isso que vá acontecer com o pessoal do 2o semestre de 2010 também - dos quais muitos já estão um tanto arretados com essa espera sem fim (assim como estavam as pessoas no início do ano). Se essa especulação estiver correta, quem dá entrada nos meses mais próximos ao fim do semestre tendem a esperar menos do que quem deu entrada nos primeiros meses de cada semestre ... e talvez ajudaria a entender pq o pessoal de julho/agosto/2010 continuam sem notícias até hj.

Bem ... como eu disse, é apenas uma teoria ... e, estando correta ou não, vamos continuar lidando com essa espera e com a esperança que tudo se resolva no tempo certo para todos nós.

#





quinta-feira, 1 de setembro de 2011

[DICA] 2a rodada de entrevistas de 2011

Olá pessoal,

Apesar de eu já ter passado dessa fase (ufa!!!), continuo acompanhando os posts nos fóruns para tentar dar  apoio e dicas ao pessoal que está na ansiosa fila de espera de convocação que, em alguns casos, demora pracaralhamente muito!!

Essa semana começaram as convocações a quem enviou o DCS após abril e, principalmente, as primeiras convocações para o pessoal do norte e nordeste (que sofridamente estão nessa espera desde o final do ano passado).

Pra essa galera que já estava digerindo o próprio estômago, roendo as unhas e arrancando os cabelos de ansiedade, a dica agora é relaxar e controlar suas emoções durante a entrevista. 

Então, pra reforçar o que já foi dito em outros posts, vou colocar sucintamente minhas dicas pessoais para chegarem ao sucesso nessa etapa fodásticamente importante de nosso processo:

- preparação do dossiê: extremamente importante - coletar o máximo de informações sobre o local/cidade escolhida, principais empresas, mercado de trabalho e projeções e seu orçamento planejado (vamos fazer cola, pessoal);

- leve todos os documentos originais (passaporte, certidão de casamento, diplomas, históricos escolares, etc..) para comprovação do que foi apresentado em seu DCS. Observe a ordem que estes documentos são descritos no seu e-mail de convocação. Muito provavelmente é naquela ordem que eles serão solicitados;


- busque anúncios de apartamentos e/ou casas mais atualizados da região que você pretende morar, preferencialmente que descrevam o valor do aluguel - isso tem que fazer parte do seu budget!!

- busque anúncios atuais de ofertas de emprego para as quais seu perfil encaixará melhor que um collant numa bailarina (não esqueça também os planos A, B, C ... etc....);

- procurem se hospedar próximos ao escritório e chegar lá com certa antecedência. Você já tem muita coisa pra se preocupar, não vá adicionar a essa preocupação detalhes como trânsito, taxistas que gostam de te levar pra passear e, muito menos, ônibus lotados. Lembrando que esse último item ainda pode te render um cheirinho de plantação de cebola nada recomendado para um encontro como esse, né?

- já alugou seu fraque inglês e seu vestido longo de seda? Sim? Você vai pra algum casamento ou formatura depois da entrevista?? hehehehehe .... Na verdade existe um grande mito a respeito do que vestir e como se portar na entrevista. Muitos acham desnecessário o uso de roupas mais formais como terno e gravata. Eu parti do princípio que a entrevista era uma etapa de extrema importância junto a um representante oficial do governo. Não gosto de usar terno, mas  dada a representatividade daquele momento, achei por melhor ir assim ... inclusive de barba feita, perfume e talquinho no popô. Mas é importante dizer também que, tanto o casal que foi entrevistado antes de nós, como o que foi entrevistado depois estavam vestidos bem casualmente, um deles inclusive com jeans e tênis. Faça sua escolha.

- durante a entrevista, procure gastar o máximo do francês que você tiver, mesmo que pra isso saia alguns <SAP>nós vai, nós foi, a gente somos, etc..</SAP> É feio? Claro que sim. Mas pior ainda é não demonstrar que você conseguirá se comunicar e/ou se virar quando chegar lá.

- use a abuse das informações sobre sua profissão (e do acompanhante) e do mercado de trabalho para vocês.

- heim?? como é, ômi??? Não se preocupe se você não entender alguma pergunta ... peça para ele repetir, reformular, falar mais devagar, desenhar ou até mesmo fazer mímica ... mas faça isso tudo em francês. Não sei se é proibido falar em português mas até onde sei é pouquíssimo recomendável fazer isso.

- se o entrevistador perguntar algo para o acompanhante, deixe-o tentar responder mesmo que gagueje. Se no final a coisa estiver muito feia, peça licença para ajudar ... mas não fique cortando ou respondendo tudo por ele que você poderá tomar um esfrega do entrevistador .. hehehehehe

- por fim e PRINCIPALMENTE: o processo é para TRABALHADORES QUALIFICADOS. Lembre-se sempre que será avaliada a sua capacidade de se adaptar ao país e que estará pronto para trabalhar se possível no dia seguinte na sua profissão e área de experiência. Não vá levar como plano A trabalhar no McDonalds e fazer faculdade, senão você vai levar tinta.

Bem .. ainda faltam alguns dias/meses para as primeiras entrevistas.
Se eu lembrar de mais alguma dica importante, eu posto aqui.

É isso pessoal, fiquem tranquilos e bonne chance à tous!!!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

[DICAS] Etapa 2 - preparando os documentos para a parte federal

Bem pessoal, agora que você já perdeu alguns fios de cabelo, tingiu outros de branco e bebeu todas pra comemorar seu CSQ, chegou a hora de encarar a etapa federal.

Lembra daquelas aulas de relaxamento e controle de ansiedade que você pegou com o mestre Xing Fu Fu?? Pois é .. matricule-se já na turma intensiva porque o nome dessa etapa é Paciência e o sobrenome é Esperar pradedéu Bastante. Mas pra evitar que você saia correndo do tópico, vou começar com as boas notícias dessa vez.

A quantidade de documentos a ser preenchida para essa etapa é menor que a anterior e assim como na etapa provinciana, não há necessidade de nenhuma tradução juramentada nesse momento - a não ser que lhe seja oficialmente solicitado pelo consulado. O pacote de formulários que devem ser preenchidos pode ser encontrado aqui e o checklist para conferência dos seus documentos você poderá encontrar aqui.

Além dos formulários, você também deverá enviar 3 certidões junto com seu processo:

Certidão de Antecedentes Criminais da Polícia Civil - esse link é da polícia civil do DF. Você deve verificar o procedimento para emissão dessa certidão em cada estado que morou por pelo menos 6 meses depois que completou 18 anos)
Certidão De Distribuição Ações e Execuções Cíveis, Criminais e Fiscais da Justiça Federal (observar também qual é o tribunal da região em que você reside. Esse link é para a região do DF. Consulte a sua!!)

OBS: Se eventualmente você morou fora do Brasil e se enquadra na mesma regra que citei acima (6 meses depois que completou os 18 anos), você também deverá tirar uma certidão de antecedentes criminais para esse país.

Quanto ao capilé desta etapa, ele é um pouco mais salgado que a anterior. Se você não se preparar financeiramente, correrá o risco de ficar com o CSQ parado até conseguir levantar o dim-dim necessário para essa etapa. No caso do federal, são exigidos CA$550 por pessoa e mais CA$150 por filho. Esse valor tem que ser pago / depositado no dia da entrega do processo. Junto com sua pasta de documentos, você deverá anexar o comprovante desse depósito. Se você não se planejar bem, seu pôiquinho (óinc!) poderá passar fome. Tadim do bixim!!!
=\

Mais dicas sobre o preenchimento dos documentos e como montar sua pasta, clique aqui nesse tópico que só falta pegar na sua mão e te levar.

Minha sugestão: se possível e viável, leve a papelada pronta para o dia de sua entrevista. Se você receber seu CSQ, não perca tempo!! Atravesse a rua (na faixa de pedestres de preferência), caminhe por uns 100m numa ruazinha bem em frente ao prédio do BIQ, vire à esquerda e caminhe mais uns 200m até o consulado. Eu recomendo também deixar pra fazer o depósito na hora (tem uma agência do HSBC no prédio em frente ao consulado) .. sei lá, (Deusolivreguarde) mas vai que você dá o azar de não receber o CSQ?? Observe também o horário de funcionamento do consulado: existem horários específicos para atendimento ao público e recebimento desta documentação. Mais detalhes? Clique aqui!

O tempo de espera? Bem ... até as últimas estatísticas publicadas, essa etapa está custando tempo suficiente  pra fazer um filho novinho em folha e comer uma plantação inteira de melancia sozinho!! Mas se eu fosse você, aproveitaria para melhorar seu curriculum e principalmente a fluência nos idiomas.

#

[DICAS] Contas bancárias e histórico de crédito

Bem, pra quem ainda não sabe, uma das primeiras dificuldades que enfrentaremos quando chegarmos ao Canadá é a formação do histórico de crédito. Esse histórico é de longe uma das coisas mais importantes pra que você consiga certos mimos e confortos que está acostumado aqui no Brasil, além de serviços básicos para o dia a dia.

Recentemente acompanhei uma thread em uma das listas de discussão que participo onde um camarada fala sobre a dificuldade que está enfrentando pra contratar uma simples conta de celular com internet. Apesar dele ter aberto a conta canadense ainda aqui no Brasil, ele não pediu seus cartões de crédito a tempo de sua chegada e isso tem criado uma dorzinha de cabeça para ele.

O que Lu e eu fizemos para antecipar esse tipo de problema e evitar esse tipo de dor de cabeça? Bem, já abrimos nossa conta num banco que facilita as transações entre contas internacionais - no nosso caso, o HSBC. Mesmo que ainda falte marromeno um ano para nossa mudança, já podemos solicitar a abertura da conta canadense se tivermos interesse. Assim, quando chegarmos lá já teremos vínculo com uma instituição financeira local e cartão de crédito com limite estabelecido de acordo com o limite que conseguirmos aqui antes da abertura dessa conta. Isso pode até não resolver 100% dos seus problemas com o histórico de crédito - que até onde fiquei sabendo só se forma efetivamente depois do landing. Mas certamente parece ser um grande adianto para os primeiros dias de chegada lá.

#fikadika

#

[COTIDIANO] O sofá

Para muitos o sofá representa uma mobília na casa relacionada ao conforto e qualidade de vida.

No nosso caso, o sofá tem se tornado o símbolo de uma espera agoniante.

Desde o ano passado, Lu e eu pensamos em trocar o sofá lá de casa por uma peça mais confortável (por exemplo uma poltrona de espumas da Nasa revestida de couro de crocodilo Dundee, com apoio para copos, massageador, aquecedor, ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos e rodas de liga leve aro 17'').

Essa troca da mobília não foi pra frente inicialmente por conta de ajustes em nosso orçamento e, desde o início desse ano, usamos o argumento de: trocar pra quê se teremos que vender em breve

A verdade é que o nosso sofá realmente está se tornando a cada dia um ícone mais concreto dessa espera. Para quem não sabe, atualmente a agoniante espera de notícias do consulado pode durar de meses a anos. Lu e eu já passamos dos 3 meses de espera (sim, sim, sim ... tá muito cedo ainda .. mas bem que podia ser mais rápido, né ô Rubinho?) e muitos planos de nossa vida estão sendo diariamente reorganizados em virtude de não sabermos quando será o nosso dia D - Dê mudança.

Sempre li a respeito dessa fase do limbo onde não podemos investir tanto em nossa vida aqui e ao mesmo tempo não temos nenhuma certeza ou garantia de quando seremos aVistados. Não sei se alguém já passou por isso, mas sabe aquela sensação que dá quando você está na sala de espera do consultório e sabe que pode ser chamado a qualquer momento ... e de repente bate aquela vontadezinha de ir no banheiro e você fica na dúvida: e se eu for e o médico me chamar? e se eu não for e o médico demorar? Enquanto isso a bexiga - que não está nem aí pra você - só continua enchendo e mandando SMS pro seu céubro dizendo: bora, bora, bora!!!!!

Bem ... é assim que me sinto hoje ... hehehehehe ...acho que a melhor solução é trazer um pinico pra sala de espera.
=)
|
#

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

[DICAS] FAQ, verdades, mitos e dicas

Olá pessoal,

Quem já está no processo de imigração há algum tempo e acompanha diariamente as listas de discussão sabe que não é nada incomum que as mesmas perguntas sobre  o processo sejam feitas e refeitas em intervalos mais curtos que novos escândalos de corrupção no Brasil um coice de um pôico (oinc!).

Pensando nisso, resolvi incluir no blog uma sessão que pretende ajudar a esclarecer essas dúvidas e concentrar essas informações num único lugar, facilitando assim a vida dos débutants no processo.

1) o nível de francês: o nível recomendado pelo BIQ - Bureau d'Immigration du Québec para abertura do processo é o equivalente a 150 horas/aula para o aplicante principal numa instituição de ensino reconhecida pelo governo do Québec (por exemplo, a Aliança Francesa). Onde está escrito "abertura do processo", leia-se: no dia que botar o envelope no correio.


Aí o boneco pergunta: "#, hoje eu tenho 80h mas até o dia da entrevista terei as 150h ... eu posso mandar mesmo assim?"
Eu respondo: "claro ... num tem ninguém te segurando!" =P
Agora se o BIQ aceitará seu processo ou não, são outros quinhentos. Quer arriscar, arrisque! Mas que fique claro que o mínimo recomendado são as famosas 150h para o aplicante principal.

É importante que seu cônjuge ou acompanhante também tenha um nível mínimo de francês (afinal ele também participará da entrevista). Mas não existe uma "regra" para o nível deste acompanhante. A melhor saída nesse caso (e em vários outros), é usar a ferramenta do teste online para entender suas chances.

Ah .. e é sempre importante lembrar, relembrar e martelar em sua cabeça que você precisa do francês não só pela entrevista, mas principalmente pra conseguir sobreviver, arrumar emprego e se socializar. Ou vc pretende ser uma ilha de ouro auto-sustentável em outro país?? Pense nisso .....

2) Preenchimento do DCS em português: sim, você pode preencher o DCS em português, inclusive com o nome do seu curso do jeitinho que está no seu diploma.

3) Traduções de documentos: para o processo de Québec você não precisa fazer tradução juramentada de nenhum documento brasileiro. Agora se você tem um diploma em acupuntura de um monge tibetano em mandarim, aí eu já não sei.

4) Pós gradução, especialização e MBA contam como segundo diploma: NÃO, próxima pergunta!

5) Posso fazer o processo de Québec e depois ir morar em outra província: na ótica legal, sim. O seu visto de residente é emitido pelo governo canadense e não pela província. Então, uma vez que você pise lá, pode ir morar onde quiser. Na ótica da ética ...... bem, já vi faíscas de pixels saírem do monitor nas discussões em alguns fóruns sobre esse assunto. Na minha aomilde opinião, penso que se você preencheu toda uma papelada, se enquadrou nas regras de um processo específico de uma província e inclusive afirma na entrevista que pretende morar no Québec, é no mínimo anti-ético fazer tudo isso e depois não parar no QC nem pra comprar uma balinha. Mas essa é só minha opinião ... existem milhares de pessoas que pensam diferente!! E viva a diversidade
=)

6) Idade máxima de 35 anos - falso! O que acontece é que você recebe pontuação máxima para seleção se tiver até 35 anos de idade. Se você tem 36, 37, 40, etc.. você ainda pode sim se candidatar. Mas certamente você terá que pontuar mais em outros aspectos da avaliação para compensar os pontos perdidos pela idade mais avançada.

7) Receber o CSQ é garantia de emprego - falso! O processo de imigração apenas seleciona pessoas que ele considera que tem um bom perfil profissional e que tem reais chances de empregabilidade lá. Mas de forma alguma ele garante que você chegará lá empregado. Isso é contigo, meu chapa!!

8) Falar para o entrevistador que pretende estudar ao invés de trabalhar: boa sorte com isso! Se o processo é para trabalhadores qualificados espera-se que você chegará lá apto para começar a trabalhar no dia seguinte se possível. Se vc quer ir lá pra estudar e ainda se preparar para o mercado de trabalho, é melhor então você pedir um visto de estudante.

9) Sou médico, psicologo, dentista, advogado, engenheiro, etc.. e quero imigrar. Posso? Claro, mas assim como estas, existem outras profissões que são regulamentadas e exigem equivalência e validação de diploma e reconhecimento por conselho ou ordem específica no Canadá. Em muitos desses casos, fazer essa validação não é um procedimento muito simples, mas não é impossível. Minha dica: verifique se sua profissão é regulamentada em algum site oficial do governo (por exemplo o TravaillerAuCanada ou o IMT) e veja o que é necessário para validação do seu diploma. Só aí você poderá balancear as vantagens e desvantagens reais da imigração para o seu caso.

10) Forma de pagamento: apesar de existirem especulações do mercado financeiro internacional, o BIQ (e nem o consulado) ainda estão aceitando crediário das casas Bahia como forma de pagamento. No caso do BIQ você deverá informar os dados do seu cartão de crédito devidamente habilitado para compras internacionais para que seja feito o débito da taxa. Na etapa federal, depósito direto na conta do consulado no HSBC.

11) Tempo de espera: atualmente o tempo de espera total pode chegar próximo a uma gestação de um elefante. No meu caso específico foram +ou- 3 meses de espera para a parte provincial e no momento estão estimados outros 14 meses para a etapa federal. Vale destacar que existem casos de candidatos da região norte e nordeste que enviaram o DCS no início do ano e ainda não foram convocados para a entrevista no BIQ ... ou seja ... façam as contas =\

12) Contratar um despachante pra fazer o processo por você: é possível sim, mas atente-se por despachantes devidamente idôneos e reconhecidos pelo consulado canadense. Agora se você me perguntar se vale a pena ............................... bem, eu ACHO que não .. mas isso é uma opinião minha totalmente particular individual própria de mim. Como falei em outro tópico, tudo que você precisa saber sobre o processo está espalhado em blogs e fóruns na internet. O trabalho que você tem é peneirar essas informações ou achar outro cidadão como eu que tenta escrever o B-a-BA de todo o processo pronto, de mão beijada. Isso sem contar que você pode criar um telefone sem fio no meio da sua comunicação com o consulado que pode representar um tempo maior de resposta às solicitações que lhe forem encaminhadas. Mas como eu disse, isso é só o que eu acho. Sinta-se a vontade para procurar um se tiver interesse.

13) Mercado de trabalho: não é incomum repetidamente ouvir com os olhos perguntas como: "#, eu sou ensacador de penas de ganso silvestres em travesseiros de espuma .. o mercado de trabalho no Canadá tá bom pra mim?". E eu vou responder: "Depende.....!". Sei que não é a resposta que todos querem ouvir e por isso o melhor que posso responder é que: só você conhece com detalhes o seu perfil, suas habilidades específicas, qualidades e limitações; só você poderá avaliar se o mercado está aquecido ou não pra você. Para isso, use e abuse dos sites de busca de emprego (monster.ca, jobboom, jobbank, emploiquebec, etc..) e veja se as vagas oferecidas são compatíveis com seu perfil. Outra dica que dou é observar as projeções de mercado que são descritas nos sites oficiais que citei ali em cima (travailleraucanada e IMT).

14) Comprovante de união do casal: acredite ou não, conhecer os hábitos matinais, chegar de mãos dadas ou até mesmo dar uns amassos calientes na frente do entrevistador (pelamordamãedoguarda, não vá fazer isso!!) não vão comprovar sua fiel e estável união com seu requerente acompanhante. Para isso, vocês devem comprovar o mínimo de 1 ano que estão juntos ... ou, mais fácil ainda, apresente logo sua certidão de casamento e se despreocupe com isso!

- Mas ô # .. e se eu for no cartório e fizer um daqueles documentos de união estável, isso serve também?
- Serve tanto quanto eu te dar um autógrafo num papelzinho e, com esse autógrafo + R$2,00 vc poderá comprar qualquer item de uma loja de R$1,99 e ainda levar R$0,01 de troco
=P

Infelizmente o BIQ não aceita essa declaração como forma de comprovação de união entre o casal. Mas não precisa sair correndo pra comprar as alianças não, calma!!! Se vc realmente não pensa em se casar por agora, você pode comprovar essa união apresentando outros argumentos que mostrem estão juntos há pelo menos 1 ano. O que são eles: fotos, contas conjuntas e/ou (principalmente) correspondências para um  mesmo endereço.

Mas, sem querer ser atrivido, mas já sendo: se a pessoal vai te acompanhar para o Canadá e passar por todas alegrias, tristezas e dificuldades ali coladinho contigo, porque você não pára de enrolar ele/ela e  se casam logo?? hehehehehe

15) A escolha do aplicante principal: é importante sempre se lembrar que este se trata de um processo de seleção para trabalhadores qualificados. Sendo assim, na maioria dos casos (mas não em todos), o aplicante principal deve ser aquele que possui as melhores qualificações para conseguir um emprego num menor espaço de tempo. Mas existem outros fatores a se observar que devem influenciar nessa decisão, como por exemplo: profissões que exigem validação de diploma e profissões em alta demanda que podem oferecer um CSQ prioritário - o famoso fura-fila!! (ô inveja .. hehehehe). As dicas para verificar as profissões que exigem validação de diploma está há algumas dezenas de linhas aqui em cima (roll-it-up, baby!) e as informações sobre as profissões com domínio de formação privilegiada, você pode encontrar aqui.

Um outro aspecto a ser considerado é o nível do francês e sua postura numa entrevista. Nem sempre quem tem o melhor nível de francês é o que se porta mais tranquilamente numa entrevista e vice-versa. Isso também deve ser levando em conta sempre lembrando que, sua entrevista será toda em francês e o aplicante principal será quem será o foco de mais de 90% das perguntas.

Bem .... por hora é só.
Quando eu lembrar de mais dicas que possam ajudar, eu acrescento aqui.

#

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

[DICAS] A Entrevista!!!

GizuisMariaJuzé!!!! A entrevista!!!!

Assim como vários outros candidatos, fui para a entrevista num cagaço nervosismo sem fim, afinal de contas aquele momento ali poderia definir o evento que mudaria nossa vida. 

Bem .. como eu disse antes, a entrevista é de certa forma bem objetiva. No e-mail de convocação eles inclusive descrevem quais documentos que você deverá levar e em que ordem/sequencia. Saber disso foi de extrema importância pra mim pois, quando o entrevistador (Mr. Daniel Leblanc) fez a primeira pergunta pra mim, parecia que ele havia xingado minha avozinha em hebraico pós moderno ... num entendi PN!!! E foi exatamente naquele momento que meu nervosismo foi de crítico para aquele nível preocupante onde vc pensa consigo mesmo: fudeu <com o perdão da palavra>.

Enfim ... graças ao bom Deus, o Tico pegou no tranco e deu um pescotapa no Teco. Foi quando eu lembrei do e-mail e pensei: "Os passaportes, só pode ser os passaportes".

Na verdade nunca descobri se era isso mesmo que ele tinha pedido, mas quando eu entreguei pra ele com a mão nitidamente tremendo mais que um paciente que tem Parkinson, acho que baixou o espírito caridoso nele e ele aceitou e começou a digitar qualquer coisa em seu PC.

Em seguida, ele fez algumas perguntas corriqueiras que creio serem para avaliar nosso nível de francês. Perguntou minha data de nascimento, horas de estudo, etc.. E pra Lu perguntou apenas local e data de nascimento.

Depois desse primeiro momento tenso, comecei a tremer menos ... nesse momento eu só parecia um big celular motorola no vibracall mas já estava bem melhor que antes. As perguntas que se seguiram pareciam respeitar a ordem dos itens que estavam descritos no e-mail.

Em todos relatos que li, as pessoas falavam que ele fazia várias perguntas. Não sei se por eu ter me tornado o cara mais falante da sala, ele me fez pouquíssimas perguntas. Por exemplo: quando ele pediu meu curriculum, entreguei ele impresso (já em francês) e comecei a falar sobre meu perfil profissional, experiências, meus planos A, B e C, propostas de emprego que eu tinha encontrado, etc... ou seja, não sobrou muitas perguntas pra ele fazer. hehehehe

Bem .. a entrevista toda foi assim. Ele ainda perguntou sobre o plano de trabalho da Lu (ela respondeu) e depois disso não perguntou mais nada a ela.

Sobre o conhecimento na língua inglesa, eu acho que eles só fazem aquela perguntinha pra nos sacanear ... só pode. Meu amigo, depois de vários meses estudando francês, é impossível formar uma frase de 5 palavras sem enfiar um Je no meio. Pra quem não está acostumado fazer o shift nos idiomas é simplesmente foda difícil.

Depois de um tempo, acho que já não havia mais nada pra perguntar ou solicitar. Foi então que ele imprimiu e colocou na minha frente um documento todo em francês. Em seguida falou alguma coisa que pra mim soou: dioodg duihf qr iosifafh faufshhsaiofhai asdmmo finofs koviski, s'il vous plaît!!

Queria poder dizer que fiz uma cara diferente dessa do Homer por menos de 2min, mas infelizmente mentir é feio. Demorei uma eternidade para entender que aquilo ali na frente era o CSQ e que ele estava pedindo para eu confirmar se meus dados estavam corretos <fiquei devendo R$5cão e uma coca-cola pra Lu que foi quem me ajudou a entender ... hehehehe>

Pronto .. era isso, havíamos conseguido!!! Os meses de aulas de francês das 6:30h às 8:30h da manhã valeram muito a pena. Ficamos felizes e orgulhosos de nossa conquista e saímos de lá doidos para festejar. Mas antes fizemos uma paradinha no Consulado Canadense (há umas 2 quadras dali) onde já entregamos em mãos nossos documentos do processo federal.

Minha dica para quem vai fazer a entrevista: não esqueça de seu planejamento e preparação, documentos originais, prepare bem seu francês e, principalmente, não fique nervoso! Se vc conseguir esse último, merece uma balinha!! hehehehehe


#